quinta-feira, dezembro 21, 2006

Mudanças

Pessoal, optei por mudar o blog pra versão beta e a maneira mais simples que encontrei foi mudando tudo de lugar para um novo endereço:
http://culture-arts.blogspot.com
sinto por perder os coments de vocês, mas agora poderei adicionar meus blogs amigos com mais facilidade.... pra alguem que não entende nada de blog, como EU, a outra versão é bem mais simples, aguardo a visita de vocês :0)

quarta-feira, dezembro 20, 2006

Uma amiga senhorinha...

Perto de onde trabalho tem uma doceria que é mantida por dois irmãos, na faixa de 40 anos, e a mãe deles Dona Ana com quase 70, frequento o lugar há 3 anos, além de ir sempre comprar um chocolatinho por lá, frequentamos o mesmo centro espirita, e ao longo destes 3 anos desenvolvi com os filhos dela uma cortesia de boa vizinhança, já com a Dona Ana posso dizer que desenvolvi uma afeição familiar...

Ela está atualmente com a saude bem debilitada, problemas re reumatismo e pulmonares, há mais ou menos 10 dias que ela não aparecia na loja, hoje fui até lá e... lá estava a Dona Ana, ela veio logo me dizendo: "Perguntei de você para os meninos a semana toda, queria te ver antes do Natal para desejar boas festas" depois da recepção calorosa ela me contou que esteve uma semana internada com uma infecção, ficamos uns 10 minutos conversando e quando eu estava indo embora ela deu duas caixinhas de bombom, uma pra mim e uma pro meu namorado dizendo "é uma lembrancinha mas é de coração", nos abraçamos e ela me desejou tanta coisa boa... e eu ouvindo sentia que ela desejava realmente do fundo do coração...

Nesta época muitas pessoas te desejam: Feliz Natal, Boas Festas, Muita Saude, Muita Paz... só que é tão automático e tão sem sentimento...

Enquanto eu ouvia tudo o que ela me dizia, meus olhos se encheram de lágrimas, e eu pensei "Meu Deus, quando Dona Ana se for será pra mim como se perdesse minha própria avó, tamanha afeição que tenho por ela", um pouco depois indo de volta pro meu trabalho pedindo a Deus que dê muita saude e força pra que ela possa continuar transmitindo sua doce presença a todos que estão a sua volta.

Gostaria que todas as pessoas no mundo pudessem ouvir de pelo menos uma pessoa, palavras bonitas e ditas com sinceridade nestas vésperas de Natal.

E que Sant'Ana, que é a protetora de todas as avós possa proteger sempre a minha amiga senhorinha Dona Ana

Obrigada

Pessoal, obrigada pelas visitas e pelos coments, espero contar sempre com a presença de vocês, grande beijo a todos

terça-feira, dezembro 19, 2006

Beleza ou Saúde???

O mundo é feito de fases... há um tempo atrás Monalisa era gordinha e era o tipo de mulher da época, muita carne, gordurinhas, talvez... celulite, mais recentemente Vera Fisher era simbolo sexual, sua Jocasta era o sonho de todos os homens sua barriga não era definida tinha aquela saliencia básica do abdomem inferior e era A mulher na opinião masculina... aí chegou a era Fitness... e se você não tiver a barriga chapada da Wanessa Camargo, aí vc ta out, completamente out...

Onde vamos chegar??? Bulimia e anorexia viraram as doenças da moda, as revistas mostram as atrizes e modelos cada vez + sem roupa e + magras, vejam só:

A Débora Secco, sempre achei ela super fofa e bonita, ao assistir uma ceninha de "Pé na Jaca" essa semana fiquei abismada, o rosto dela chega a estar cadaverico, as maças do rosto saltadas, falta gordura.

A Juliana Paes "emagreci por causa da personagem" tá? como se a personagem fosse alguma coisa muito diferente do que ela já fez e precisasse emagrecer... Emagreceu porque tem que ser magra, é isso que está sendo ditado por aí.

Na mesma novela, Flávia Alessandra mostra... os ossos

Aí elas dão entrevista e dizem... "Não tenho facilidade pra engorda, como de tudo" aham... e eu sou filha do Bozo... Ou então dão a receita da SUPER dieta milagrosa.

E essas meninas, ainda sem opinião formada, ou mesmo as adultas que são eternamente insatisfeitas ficam tentando se espelhar nessas mulheres que vivem de fazer sacrificio, fora a questão básica... você pega uma "Boa Forma" e tá lá... receita de beleza de Daniellle Winits, Grazi Massafera, e não lêem nos créditos o nome do rapazinho responsavel pelo "tratamento de imagem", sim, aquele santo que usa um poderosissimo programa que faz milagres ate em gente muito feia.

Então meninas tá na hora de analisar a SUA realidade, eu por exemplo, faço academia acho legal ter os musculos definidos, mas sabem o real motivo de eu fazer academia??? Poder comer um montão de chocolate, sentir prazer com isso e me sentir feliz por não ter que viver de alface. Venho buscando fazer esporte pela minha saude... colesterol baixo, coração saudável, enfim....pelo meu próprio BEM

segunda-feira, dezembro 18, 2006

Ter filhos ou não ter???

Ultimamente tenho pensado seriamente nisso, essa questão anda rondando minha cabeça...

Desde a adolescência, sempre fui um pouco diferente da maioria das meninas que estudaram comigo no colégio, na época eu tinha horror a casamento... dizia que nunca iria casar... mas... sempre pensava em qual nome minha filha iria ter, sim, naquela época eu só aceitava a idéia de ter uma menina...

O tempo passou e a vida de todo mundo foi tomando rumo, algumas das minhas amigas casaram, já tem filhos, outras continuam solteiras e curtindo a vida, eu posso dizer que MUDEI:

já penso em casar, bem.... NÃO na igreja de véu, grinalda, pompa e circustancia, mas dividir o mesmo teto, cuidar da casa e do meu escolhido

as vezes penso em ter um FILHO, sim um menino, desde que conheci meu amor falo em filho e não filha, talvez porque desejo que ele seja parecido com o pai...

algumas pessoas as vezes me falam, o tempo está passando, quando vocês vão providenciar um bebê? Gente, eu tenho 23 anos! Eu sou um bebe... as mulheres modernas tem cada vez menos filhos e cada vez mais tarde, 30... 34... posso esperar pelo menos mais 10 anos e não serei uma aberração, ao contrário, estarei na moda das mulheres modernas

me pego pensando nessa questão da maternidade, mas nunca chego a um consenso, pois existem tantos prós e contras que a balança nunca pende pra um lado, fica sempre no meio... por exemplo:

deve ser maravilhoso ver seu corpo mudar e saber que de dentro de você nascerá um novo ser... até o beber nascer e vc perceber as estrias dominando o corpo e aquela barriga que nunca mais será a mesma...

deve ser maravilhoso amar uma criança incondicionalmente para o resto da vida... até ela virar adolescente e te tratar como a pior das mortais...

deve ser maravilhoso ver a criança se desenvolvendo a cada dia e se parecendo mais ou menos com você... até ela sair pra balada e não ligar avisando onde está ou que horas volta...

este tipo de contradição que é a maternidade assusta e deixa a duvida, vale ou não a pena??? Será que um dia chegarei a conclusão? Ou devo decidir pelo sim ou pelo não apenas SEM PENSAR?

domingo, dezembro 17, 2006

Crianças



Se tem uma coisa que me emociona é ver meus alunos do infantil se formando no primeiro estágio do curso... mesmo que eu tenha deixado de dar aula pra eles na metade do curso, mas toda vez passa aquele filme na cabeça... o primeiro dia deles, como eles eram pequenininhos e dez meses depois as mudanças que ocorreram... as evoluções como pessoas e como atores mirins, é realmente muito gratificante...

Alguns continuarão por perto, outros continuarão suas vidas sem fazer teatro... mas sei que todos guardarão dentro de si este período de descobertas e as experiencias trocadas com outras pessoas, todas unidas com um mesmo objetivo.

Adoro conviver com as crianças... normalmente quando pego uma nova turma, até mais ou menos um mês depois do inicio do curso... demoro muito para pegar no sono após as aulas... elas tem uma energia que te envolve e aí chego em casa e não consigo desligar... poderia continuar trabalhando por horas, ou assistindo tv até de madrugada, eles são todos fofos...

O feedback de uma criança no teatro é 100% mais gostoso do que um adulto, eles são normalmente mais responsáveis, mais criativos, e se entregam para as coisas de corpo e alma... É interessante ver que, cada qual a sua maneira e de acordo com sua personalidade, contribuem para um espetáculo bonito, magnético e espirituoso...

Ao termino de cada temporada essa melancolia me assola... e assim vai acontecendo, outros vão chegando... outros vão batendo as asinhas... e eu vou participando da vida de cada um da melhor maneira que posso, fazendo de tudo para ser importante, para ser exemplo a cada um deles.

Essa turminha da foto é o pessoalzinho que se terminou sua temporada hoje

sábado, dezembro 16, 2006

Essa geração...

É engraçado como algumas pessoas que fazem teatro gostam de mostrar que o fazem... outro dia entrei num trem e vi dois jovens conversando sobre o curso de teatro que faziam...falavam alto, querendo que todos soubessem que são atores... Outra vez estava jantando num restaurante em SP normalmente freqüentado por artistas de teatro e numa mesa ao canto um grupo de jovens atores se faziam notar pelo exagero com que falavam sobre suas vidas, tentando aparecer mais do que os realmente notáveis que lá se encontravam...
Vejo muito isso quando alunos de teatro de uma turma mais avançada passam por uma nova turma e fazem de tudo para se mostrar... para mostrar o quanto já são “atores”...
Esse é o tipo de gente que usa o teatro com o único objetivo de exposição... são aqueles que Stanislavski repudiava: “Amem a arte em vocês e não vocês na arte”. Infelizmente o mercado está sendo tomado por pessoas assim, as pessoas da “Era das Celebridades”, no fundo gostaria que tudo fosse como antigamente... Glória Menezes, Eva Wilma, Tarcisio Meira, Raul Cortez, Fernanda Montenegro... eles não queriam ser famosos, isso não existia... não existiam revistas de fofocas, nem o termo celebridade, eles são exemplos de ARTISTAS que estão em falta ultimamente, principalmente nas novas gerações que já nasceram querendo ilustrar capa de revista e distribuir autógrafos nas ruas...

EU INDICO

OUTONO E INVERNO

Texto: Lars Norén
Direção: Eduardo Tolentino de Araújo
Com: Suely Franco, Sérgio Britto, Denise Weinberg e Emilia Rey.
No texto do autor sueco inédito no país, uma família de classe média discute durante um jantar.
Últimos dias. Deve retornar no dia 11/1

Centro Cultural Banco do Brasil - teatro (r. Álvares Penteado, 112, região central, tel. 3113-3651). 125 lugares. Qui. a sáb.: 19h30. Dom.: 18h. Até 17/12. 100 min. 16 anos. Ingr.: R$ 15.

sexta-feira, dezembro 15, 2006

Eu...

Minha criatividade em escrever normalmente é nula em frente a tela do computador, por isso todos os meus posts são reproduções do que escrevo a mão em meus vários cadernos de anotações.

Adoro escrever a mão, risco, rabisco, borrão... idéias desconexas até encaixar tudo num texto só... gosto de escrever, mas não penso em dizer que tenho talento pra escrita, jogo as idéias conforme acredito que seja a melhor forma de me expressar... não sou metida a jornalista, menos ainda a poeta... sou apenas uma pessoa que gosta de utilizar as palavras

Não sou comum, minha vida não é comum... e os "comuns" que me cercam muitas vezes não me entendem, não tenho finais de semana, sou devotada ao meu trabalho e respeito a minha arte, dificilmente consigo ir as festas de aniversario, casamento ou celebrações e confraternizações dos meus amigos "comuns", depois de algum tempo eles pararam de me convidar... e eu até entendo o lado deles, embora me sinta as vezes um pouco só...

Tenho um amor que também não é comum graças a Deus, acredito em alma gemea, em predestinação, em espiritos afins, e nós dois somos assim... meu sonho sempre foi encontrar alguem que entendesse meus anseios, que falasse comigo de teatro sem achar uma bobagem, que fizesse teatro e entendesse disso pra termos assunto até o fim da vida... e eu encontrei, dividimos nossa vida e nossos sonhos há 4 anos, e sou feliz

Minha familia também não entendia... agora tudo é bem mais facil... sabem dos meus objetivos, dos meus empreendimentos, e das minhas realizações, sabem que eu corro atras do que quero e não desisto facilmente, creio que se orgulham de mim.

Enfim, não tento me encaixar, sou como sou, e sou
COMPLETA dentro do meu VAZIO